sexta-feira, 23 de junho de 2017

Prefeitura não pode ser um cabide de emprego

Nenhum texto alternativo automático disponível.


PAULO ROBERTO      

Me falam das filas às portas das prefeituras em busca de emprego. Se empregar na prefeitura fosse função da administração municipal. E o pior é que se pede “emprego” e não “trabalho”.

Promessas – Se houve promessas, aí não vou discutir, somente dizer que se faz política neste país de acordo com a nossa cultura. Na verdade, somos um povo mal-acostumado.

Político – Por onde se pode dizer que o político se obriga a refletir a mentalidade coletiva, sob pena de não se eleger. Numa palavra – nossos políticos são a nossa cara. Eis aí.

O que é delação premiada?

Delação premiada requer cautela



PAULO ROBERTO
Da Redação

O instituto da delação premiada é de grande utilidade à justiça, pois quem permite, do fato criminoso isolado, chegar às organizações criminosas. Não haverá outro percurso.

Fim – É bem certo que parlamentares que querem o fim desse instituto jurídico na legislação criminal brasileira, é porque têm culpa no cartório, vá o lugar-comum. São criminosos.

Colaboração – Em verdade, trata-se de colaborar com a justiça, neste sentido de acabar com as organizações criminosas no âmbito do governo, deplorável realidade em nosso país.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Advogado de Almir Melo acusa presidente da Câmara de irregularidades administrativa

Advogado

Em resumo, o advogado apontou possíveis irregularidades administrativa em esquema fraudulento na montagem e direcionamento de licitações, fracionamento de despesas, relacionados à aquisição de material de informática, entre outras irregularidades.O advogado ainda relatou; que as denúncias já foram encaminhadas ao Ministério Público para serem investigadas.Se comprovados os atos de irregularidades administrativa que causam danos ao erário público, isso poderá acarretar dentre outras sanções, a perda do cargo público e a suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos, além do ressarcimento dos danos ao erário.(Fonte: IstoÉNoticia)

Ô, País!





PAULO ROBERTO      

Tudo segue do mesmo jeito nesse país, quer dizer, Temer no governo dos brasileiros, e Rodrigo Maia (ô bicho danado) na presidência da Câmara dos Deputados.

Michel Temer continuando presidente da república, ainda se tolera – não temos outro nome; mas esse Rodrigo Maia (DEM), é, como se costuma dizer, o fim da picada. Mas é isto mesmo, o Brasil.

Mas de quem é a culpa do país que temos? Dos políticos? Do regime? Unicamente, não. Eles, os políticos que aí estão no poder, são o xodó do povo, o principal culpado de tudo.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Assaltos em Canavieiras




PAULO ROBERTO
Da Redação

Esta semana, um festival (não encontro outro termo mais adequado) de assaltos em Canavieiras. Talvez o resultado da lei que ampara o menor na delinquência. E aí, doutor?

Absurdo – O menor pode morrer de fome, ficar sem escola, sem nada, e aí não existe lei, ou antes não funciona, que lhe dê a cobertura devida. Cobertura, só no crime. Que belo país se construiu para os brasileiros.

Leis – Evidente que vocês sabem quem é que faz as leis que nos regem como povo e como nação, deputados e senadores que nós elegemos, uma eleição depois da outra, se fizessem por merecer. E daí?

O vexame de ser vereador lacaio de ex-prefeito


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up

PAULO ROBERTO
Da Redação

Eis aí revelado o vereador Jorge Garcia. O sujeito é eleito sob promessa de representar o povo e para ele trabalhar. Entretanto, logo se vende ao ex-prefeito. Com que autoridade moral pode o vereador Jorge Garcia falar de alguém?

Em quase 28 anos de vereador, Jorge Garcia não tem um só projeto que o recomende perante o povo canavieirense. Seu único mérito é ser lacaio do ex-prefeito Almir Melo.

Se puder ser candidato a vereador nas próximas eleições, 
não tenho dúvida de que será o mais votado em Canavieiras. Pobre povo! A grande vítima consentida!

Câmara rejeita contas de Almir Melo e ele fica inelegível até o ano de 2024

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo
Por 7 votos a 4, a Câmara Municipal de Canavieiras confirmou o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios e rejeitou as contas do prefeito Almir Melo relativas a 2015.

A decisão foi tomada às 14h30 de ontem, após tentativas de prepostos do ex-prefeito de suspender os trabalhos. O prefeito tentou até à ultima hora suspender a sessão, através de uma liminar que teria requerido à Justiça local, o que não aconteceu.

Votaram favoravelmente ao prefeito os vereadores Diego Dias de Jesus, Jorge Garcia, Cleonildo e Paulo Carvalho e, contra, Cosme Anão, Alex CN Bike, Ricardo Dantas, Tiago Medrado, Vitor Fábio, Cacá Guimarães e o presidente Nilton Nascimento.

Avaliam observadores que, agora, o ex-prefeito Almir Melo tentará anular a decisão da Câmara, o que ele já tenta também fazer, via judicial, com a decisão do Tribunal de Contas.

Mantida a decisão final da Câmara, com base no parecer prévio do TCM, Almir Melo estará inelegível por 8 anos.(Fonte:TabuOnline)

Roubos de celulares aumentam em Canavieiras

roubo-celular


Canavieiras vem respirando um clima de insegurança.


De um tempo para cá tem se registrado assaltos na cidade.

O alvo principal dos meliantes são os celulares das vítimas.

A população pede providências urgentes. 

Alô, polícia!!!

terça-feira, 20 de junho de 2017

Tribuna Livre na Câmara

 
Pontos de coleta permanente para assinatura do projeto. 

APLB - Sindicato (Rua José Marcelino-Rua da Feira);

Colônia de Pescadores Z-20 (Capelinha);

Colégio Modelo de Canavieiras (Rua Augusto Severo - Biblioteca);

Padaria Á Brasilia (Rua 13 de maio).

É necessário levar o número do título de eleitor para fazer valer sua assinatura.

Cadê a segurança alardeada?



PAULO ROBERTO
Da Redação

Bom seria que as classes associadas do país se mobilizassem com o fim de exigir do Congresso a reformulação da lei criminal, que já não corresponde à realidade atual do país.

Assalto e matança de gente virou pagode em todo o Brasil, sem que isto preocupe nada de nada as autoridades. Não fazem jus aos grandes ordenados pago pela sociedade.

Assalta-se à luz do dia, à vista de todo mundo, em qualquer rua ou local, e se há prisão, é como prisão de político corrupto, isto é, de brincadeirinha. Tal situação não pode continuar.

Ao que parece, a violência urbana preocupa mais os brasileiros do que a crise política nunca vista no país. E não é para menos. A crise é de vergonha. A violência e pela falta de justiça.

A bem dizer, a única instituição de defesa da ordem social a cumprir o seu dever é a instituição policial, e é isso que temos dito. A sociedade precisa reconhecer esse fato.

De nada adianta a feitura desses programas sociais de combate à violência, porque o problema se deve, e apenas, à impunidade. Há que reformar a legislação criminal, sem contemplações.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Desemprego no Brasil atinge 14 milhões de trabalhadores

Emprego Desemprego Trabalho (Foto: Agência OGlobo)



PAULO ROBERTO
Da Redação

O Brasil já conta, hoje, 14 milhões de desempregados, o que significa baixa considerável na arrecadação previdenciária. O governo, no entanto, não leva isso em conta.

Investimento – Outra coisa. Como poderá haver investimento estrangeiro no país, se a corrupção oficial já perdeu as estribeiras? E o governo fala em retomada do crescimento econômico.

Verdade – A grande verdade, aos olhos, é que não se conserta mais este país: temos um parlamento à deriva de apetites. Sem responsabilidade alguma com o povo e a nação. É isto, mesmo.

Organizações criminosas deixam rombo de R$ 123 bilhões

Em quatro anos, a Polícia Federal deflagrou 2.056 operações contra organizações criminosas que provocaram prejuízos estimados em R$ 123 bilhões ao País. Os números revelam que o maior rombo não é o apurado pela Lava Jato, mas o causado pelas fraudes nos fundos de pensão investigadas na Operação Greenfield, que alcançam R$ 53,8 bilhões ou quatro vezes o valor de R$ 13,8 bilhões desviados pelo esquema que agiu na Petrobrás. Esse quadro é o resultado da conta feita pelos investigadores federais com base em valores de contratos fraudulentos, impostos sonegados, crimes financeiros e cibernéticos, verbas públicas desviadas e até mesmo danos ambientais causados por empresas, madeireiras e garimpos. Tudo misturado ao pagamento de propina a agentes públicos e políticos. Os dados são da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor), da PF, e foram obtidos pelo Estado por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). Segundo especialistas em máfias e grupos criminosos, a análise dos números mostra a mudança do perfil do trabalho da PF, priorizando a investigação patrimonial das organizações. As informações são do Estadão Conteúdo.

População de Canavieiras clama por segurança

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
O aumento da criminalidade no interior do Estado é fato. Basta uma consulta aos dados da violência. O aumento no número de assaltos e mortes é real. 

O motivo, em qualquer canto do País, está relacionado principalmente ao consumo e tráfico de drogas e, somada a isso, a falta de contingente policial.

Em Canavieiras, nos últimos dias vem sendo registrado constantes assaltos, o que deixa assustada a população que se ver refém dentro das próprias residências. 

Língua Portuguesa

“ELE PASSOU DE TESOUREIRO PARA GERENTE.” O estudante Pedro Paulo quer saber como se analisa sintaticamente “de tesoureiro para gerente”. Antes de mais nada, trata-se de um predicado verbo-nominal, e temos aí um predicativo do sujeito, com a ideia de mudança de estado (ele era tesoureiro e passou para gerente). No caso, o predicativo tem dois núcleos – um verbal (passou) e outro nominal (de tesoureiro para gerente). Consulte Evanildo Brechara (Lições de Análise sintática).(Por Paulo Roberto - jornalista e professor)

sábado, 17 de junho de 2017

Prefeitura de Canavieiras tinha cemitério de computadores



É impressionante o número de computadores sucateados que foi deixado pela gestão do ex-prefeito Almir Melo.

Um detalhe mais que suspeito: os computadores foram encontrados sem HD, memória ou fonte, isto é, sem as peças de maior valor.

Essa imensa sucata, um verdadeiro cemitério de computadores, foi encontrada num galpão da prefeitura situado nas imediações do aeroporto.

Assim que tomou posse, o prefeito Dr. Almeida denunciou a existência, nas diversas repartições da prefeitura, de vários computadores sem HD ou com sua memória apagada.

Também em estado de sucata a nova gestão encontrou outras máquinas e equipamentos, geralmente faltando peças importantes – caso de cortadores de grama, caminhão, patrol, ônibus escolares e até aparelhos hospitalares.

Tudo isso, e em especial as fotos deste cemitério de computadores, é uma prova forte do descaso com o dinheiro público.(Fonte:TabuOnline)